3 Truques Para Você Montar um Mini Bar em Casa

3 Truques Para Você Montar Um Mini Bar em Casa
Compartilhe se gostou:

Está cada vez mais comum ficar em casa e receber os amigos para ter momentos de descontração e bater um bom papo, não é mesmo? Quem não gosta de estar perto de pessoas especiais e ainda vivenciar momentos incríveis?

Por esse motivo nós preparamos 3 Truques Para Você Montar um Mini Bar em Casa e desfrutar do conforto e economia do seu lar.

Então, preparado para as dicas? Se ainda não tem um mini bar na sua residência, anote os nossos truques especiais!

# Truque 1: A estrutura

Para montar um mini bar em casa não precisa de muito esforço, porém é extremamente necessário que conheça bem seu espaço e defina o que colocará nele.

Geralmente em ambientes como esses, o ideal é colocar de forma bem acessível os copos, taças, bandejas e objetos que são utilizados com frequência. Fazendo isso, você transmitirá uma hospitalidade, pois seus amigos se servirão e poderão se sentir à vontade na sua casa.

Outra vantagem é que você poderá utilizar esses objetos como aliados na decoração. Mas cuidado, não fica legal sobrecarregar o bar com muitos objetos e cores, isso pode passar a impressão de desordem 😉

 

#Truque 2: Tipos de móveis utilizados

O mini bar no passado estava sentenciado e acomodado nos carrinhos articulados e móveis convencionais. Hoje em dia isso não é mais uma regra. Você pode contar com bares planejados de acordo com suas necessidades.

Dessa forma é legal pensar em ter um móvel personalizado para acomodar cada tipo de garrada, por exemplo, e com isso chegar a um resultado que melhor se encaixe no seu estilo.

Os mais descolados hoje são:

  • Colmeias: pois acomodam muito bem os vinhos e ficam lindas nas paredes.
  • Prateleiras: Transmitem organização por serem na maioria das vezes lineares e apesar de simples chamam muita atenção.
  • Nichos: São muito descolados podendo variar de cores, tamanhos e ainda podem servir para setorizar ambientes.
  • Planejados Com Frigobar Embutido: puxado para o lado mais tradicional e tem como principal vantagem, portas que possibilitam privacidade para guardar garrafas.

 

#Truque 3: O estilo do seu mini bar

Ter um mini bar em casa não significa necessariamente que servirá apenas bebidas alcoólicas, certamente você pode (e deve) inovar!

Existem diversos estilos que podem se adaptar ao seu estilo de vida, conheça alguns:

Para quem curte bebidas alcoólicas:

Pub: é um bar com conceito mais aberto ao público e a inspiração vem dos países com influência britânica como Austrália, por exemplo. Esse estilo é bem rústico em tons amadeirados e tudo bem simples. O ponto chave é a iluminação mais amarelada, que ajuda a transmitir conforto.

Promenade Bar: Nesse estilo já temos uma iluminação mais puxada para o neon. Destaca-se muitos os vidros e banquetas para acomodar seus frequentadores.

Piano Bar: Quando se trata de conforto esse estilo é campeão. Para quem tem um espaço maior e pode ter esse tipo de bar vale à pena. É o mais confortável porque geralmente em sua decoração as acomodações são acolchoadas e muito confortáveis, além de ter o espaço de música que ajuda a relaxar.

Club Privé: Para receber os amigos essa opção é muito legal. Voltado para quem tem um hobby e tem o desejo de compartilhar com a família e amigos.

Para quem não curte bebidas alcoólicas:

Café: Uma tendência vinda da França, os cafés são uma ótima opção de estilo de mini bar para quem não curte bebidas alcoólicas.

Para os seus amantes, equipar um mini bar com cafeteiras, canecas e acessórios ou até um cantinho aconchegante pros fãs de chás, com bules e louças é uma excelente sacada.

 

#Conclusão:

Montar um Mini Bar em Casa deixou de ser mais um bicho de 7 cabeças. Aproveite essas nossas dicas para começar a planejar aquele ambiente super agradável e bonito para receber os seus amigos.

Se gostou desse post, não se esqueça de assinar a nossa NewsLetter para receber os nossos conteúdos exclusivos em primeira mão!

 

comments